A primavera chegou e com ela vem a oportunidade perfeita para apostar em vinhos mais leves e refrescantes para os dias e noites que vão ficando cada vez mais quentes e cheios de cores. Para ajudar na escolha, Ari Gorenstein, Co-CEO da Evino, compartilha algumas dicas de harmonização que são a cara da primavera.

Na meia-estação, as notas florais ganham mais espaço. “Os vinhos brancos e rosés começam a ganhar mais destaque pela leveza e frescor que oferecem, harmonizando também com pratos que trazem maior refrescância. Além disso, existem inúmeras possibilidades de rótulos para os diferentes gostos, com opções que vão do mais doce ao mais ácido”, explica o Co-CEO. “Os brancos feitos com castas como Sauvignon Blanc, Riesling, Moscatel, Gewurztraminer e Torrontés são ótimas opções. Quando o assunto é rosé e vinhos tintos, o mais aconselhável é investir nos elaborados com as uvas Garnacha, Pinot Noir, Gamay, Mencía e Sangiovese”.

Todos esses aspectos fazem desses rótulos as combinações ideais para os pratos mais consumidos na estação. Confira as cinco dicas de harmonizações preparadas por Gorenstein e descubra mais rótulos a seguir.

Salada de quinoa com aspargos

“A quinoa é um espécie de semente que apresenta um sabor delicado e textura aveludada na boca, enquanto o aspargo é um vegetal de sabor muito característico e textura crocante. Para harmonizar, a pedida ideal é o De Martino Sauvignon Blanc Valle de Casablanca D.O. 2020 , feito com a Sauvignon Blanc, uva conhecida por apresentar aromas vegetais que combinam com o sabor do aspargo. Além disso, o vinho tem ótima acidez para acompanhar uma salada”, indica Gorenstein.

Lagosta à Thermidor

“A carne de lagosta tem um sabor levemente adocicado, que é acentuado pelo uso da manteiga e do leite usados neste prato”, diz o empresário. “Essa junção de sabores delicados e a gordura da manteiga pedem por um espumante refrescante, como é o Le Calleselle Extra Dry Prosecco di Treviso DOC , vinho capaz de realçar o sabor da comida e limpar o paladar entre uma garfada e outra”.

Camarão à provençal

“Uma dica prática na hora de harmonizar é apostar na regionalidade, porque o vinho de uma determinada região tende a combinar com os pratos tradicionais. Por isso, o rosé Château La Martinette Rollier Côtes de Provence AOP 2018 é ideal para combinar com o camarão à provençal. Esse é um prato leve, que harmoniza com as notas intensas de frutas vermelhas, cítricas e flores brancas do vinho”, afirma Gorenstein.

Pavlova de frutas vermelhas

“Crocante por fora e macia por dentro, a pavlova é uma sobremesa à base de merengue. A junção das frutas vermelhas trazem equilíbrio e frescor ao prato. Para harmonizar, aposte no Cainelli Espumante Moscatel Demi-sec , vinho fresco, com aromas frutados e um dulçor equilibrado. Essa combinação é de dar água na boca”, diz o Co-CEO.

Parfait de avelã e chocolate

“Avelã e chocolate são dois ingredientes de sabor forte e textura macia, resultado da presença de gordura na sobremesa, por isso a harmonização perfeita fica por conta do vinho tinto doce. Aproveite para combinar com o Solear Cabernet Sauvignon Suave, que é doce na medida certa e tem bom peso para acompanhar o chocolate”, conclui.

Comentar

Seu comentário
Digite seu nome